DISCURSO DE MASCULINIDADE E FEMINILIDADE PRESENTES NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO IFBA- CAMPUS EUNÁPOLIS

  • Beatriz Leal Tamandaré Tamandaré Estudante de IC (bolsista Fapesb) do Instituto Federal da Bahia – campus Eunápolis
  • Flaviane Ribeiro Nascimento Professora do Instituto Federal da Bahia – campus Eunápolis.
  • Ivanildo Antônio dos Santos Professor do Instituto Federal da Bahia – campus Eunápolis.
  • Letícia Martins Freitas Rocha Professora do Instituto Federal da Bahia – campus Eunápolis.

Resumo

A proporção desigual de mulheres dentro das áreas das ciências exatas e tecnologias se deve, dentre outros fatores, a uma elaboração sócio histórica relacionada à supostos papéis sociais atribuídos aos sexos feminino e masculino devem reproduzir, de acordo com os ditames patriarcais. Nessas áreas, a força física e a capacidade intelectual são associadas à figura masculina, de modo que as mulheres são excluídas, pois são consideradas inaptas para tarefas tidas como “tarefas de homem”. A partir dessa observação, o presente trabalho foi construído com o intuito de identificar discursos de masculinidade e feminilidade presentes no Curso de Engenharia Civil do IFBA – campus Eunápolis, a partir de um levantamento de dados envolvendo o corpo docente, o corpo discente e material didático utilizado no curso, a fim de trazer à tona a discursividade constante das representações do ser homem e do ser mulher. Para tanto, foram utilizadas ferramentas analíticas como os conceitos de “gênero”, “masculinidade hegemônica” e “políticas de masculinidade” (SCOTT, 1990; CONNELL, 1995; BOURDIEU, 1997; CONNELL, MESSERSCHMIDT, 2013), bem como análises estatísticas, para as quais foi utilizado o programa Microsoft Excel® 2016

Publicado
2018-08-06
Como Citar
TAMANDARÉ, Beatriz Leal Tamandaré et al. DISCURSO DE MASCULINIDADE E FEMINILIDADE PRESENTES NO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DO IFBA- CAMPUS EUNÁPOLIS. Pindorama, [S.l.], v. 8, n. 8, p. 12, ago. 2018. ISSN 2179-2984. Disponível em: <https://publicacoes.ifba.edu.br/index.php/Pindorama/article/view/508>. Acesso em: 20 jan. 2019.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##