ESTUDO DA RESISTÊNCIA À PENETRAÇÃO DO SOLO NO IFBA – CAMPUS EUNÁPOLIS

  • Khayla Amorim Azevedo Discentes do curso técnico em Meio Ambiente – IFBA
  • David Santos Silva Amaral Discentes do curso técnico em Meio Ambiente – IFBA.
  • Anne Caroline de Souza Grigorio Discente do curso técnico em Meio Ambiente – IFBA.
  • Micaely Scalfoni Ferrari Discente do curso técnico em Meio Ambiente – IFBA.
  • Vitória de Souza de Oliveira Professor de Recuperação de Áreas Degradadas – IFBA.

Resumo

Os tipos de usos e manejo do solo determinam as condições físicas para o crescimento das plantas, além disso, o desenvolvimento radicular é afetado pela resistência mecânica do solo sendo assim diretamente influenciado pela compactação do solo. Este trabalho teve como objetivo avaliar a resistência à penetração do solo do IFBA – Campus Eunápolis. Foram selecionadas três áreas com diferentes níveis de interferência antrópica: área Edificada, área da Lateral e área do Fundo. As avaliações foram realizadas com um penetrômetro de impacto modelo Stoff, até a profundidade de 60 cm. Foram observados nos resultados obtidos os valores de resistência à penetração (RP), considerados como não favoráveis ao desenvolvimento das plantas, visto que os maiores valores de RP encontrados pertencem a área Edificada, especificamente localizados na profundidade de 20-30 cm. Nesse contexto, existe a necessidade de um melhor uso do solo para diminuir o grau de compactação do solo.

Publicado
2018-08-06
Como Citar
AZEVEDO, Khayla Amorim et al. ESTUDO DA RESISTÊNCIA À PENETRAÇÃO DO SOLO NO IFBA – CAMPUS EUNÁPOLIS. Pindorama, [S.l.], v. 8, n. 8, p. 7, ago. 2018. ISSN 2179-2984. Disponível em: <https://publicacoes.ifba.edu.br/index.php/Pindorama/article/view/509>. Acesso em: 22 mar?o 2019.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##