FUNÇÕES DO CONECTOR MAS NA ORGANIZAÇÃO TÓPICA DE UMA ELOCUÇÃO FORMAL

  • Bougleux Bonjardim da Silva Carmo Docente de Língua Portuguesa do Colégio da Polícia Militar Anísio Teixeira - CPM / SEC. Doutorando em Estado e Sociedade – PPGES / UFSB e Mestre em Letras - UESC / Profletras

Resumo

O presente artigo descreve a multifuncionalidade do conector discursivo mas em construções contra-argumentativas como elemento partícipe da organização tópica no texto oral formal. Para tanto, adota-se a categoria analítica do tópico discursivo e os conceitos relativos às construções contra-argumentativas. Com isso, realizou-se uma análise descritiva e qualitativa de 29 ocorrências em uma elocução formal, oriunda do Projeto Norma Culta Urbana, do Rio de Janeiro, corpus desta pesquisa. Como resultado, demonstra-se a presença do conector mas marcando uma diversidade de sentidos, nos quais envolvem-se elementos semânticos, pragmáticos, argumentativos e inferenciais que participam na articulação dos segmentos tópicos. Igualmente, destaca-se o ato contraargumentativo, em seus diversos graus de manifestação, na segmentação tópica ou episódica com funções no contínuo oral-escrito.

Publicado
2018-08-06
Como Citar
CARMO, Bougleux Bonjardim da Silva. FUNÇÕES DO CONECTOR MAS NA ORGANIZAÇÃO TÓPICA DE UMA ELOCUÇÃO FORMAL. Pindorama, [S.l.], v. 8, n. 8, p. 14, ago. 2018. ISSN 2179-2984. Disponível em: <https://publicacoes.ifba.edu.br/index.php/Pindorama/article/view/510>. Acesso em: 22 mar?o 2019.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##