O ensino da coesão sequencial e dos marcadores discursivos nos manuais didáticos do ensino médio

  • Bougleux Bonjardim da Silva Carmo Universidade Federal do Sul da Bahia - UFSB

Resumo

Esta pesquisa descreve como se efetiva o ensino da coesão sequencial e dos marcadores discursivos no Ensino Médio a partir do livro didático. Para tanto, este estudo pauta-se nos pressupostos da Pragmática e da Linguística Textual no que se refere à conceituação, classificação e forma de abordagem dos referidos fenômenos. Metodologicamente, são analisadas duas coleções do Programa Nacional do Livro Didático, ambas do triênio 2018-2020, para verificação do tratamento didático da argumentação e uso dos marcadores. Os resultados apontam, principalmente, para a superficialidade, metalinguagem e configurações transmissivas dos conteúdos gramaticais, além de insuficientes abordagens que trabalhem a leitura e uso da coesão sequencial em situações reais de comunicação, notadamente, escrita. Por fim, argumenta-se quanto à importância da mediação crítica para a sistematização desses elementos, da importância de se articular as questões conceituais apresentadas com o uso do livro didático visando o domínio da coesão sequencial

Publicado
2019-11-11
Como Citar
CARMO, Bougleux Bonjardim da Silva. O ensino da coesão sequencial e dos marcadores discursivos nos manuais didáticos do ensino médio. Revista PINDORAMA, [S.l.], v. 10, n. 10, p. 51-71, nov. 2019. ISSN 2179-2984. Disponível em: <https://publicacoes.ifba.edu.br/index.php/Pindorama/article/view/659>. Acesso em: 20 jan. 2020.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##