A PESQUISA CIENTÍFICA NO ENSINO MÉDIO PÚBLICO: Percepções de professores de sociologia da cidade de Londrina tendo como parâmetros as categorias conteúdo e forma

Resumo

O artigo tem como objetivos compreender por meio das percepções dos professores de Sociologia das escolas públicas da cidade de Londrina o conceito de pesquisa científica e como esta é trabalhada no cotidiano da sala de aula, tendo como parâmetro as categorias conteúdo e forma. A relevância deste estudo consiste em que o desenvolvimento das Ciências em geral está associado ao ensino dos seus conhecimentos e na consolidação desses conhecimentos na sociedade e na formação de um pensamento social criativo e desnaturalizador dos diferentes aspectos da realidade. Como metodologia, trata-se de uma abordagem qualitativa, onde se adotou a pesquisa do tipo bibliográfica e de campo, tendo como parâmetro os pressupostos do método Materialismo Histórico-Dialético e como fio norteador as categorias conteúdo e forma. O estudo aponta que não obstante os documentos estudados apontarem a importância e a necessidade em se trabalhar com a pesquisa científica no Ensino Médio é notável nas respostas dos professores uma percepção que contradiz os documentos legais, afirmando a emergência e a necessidade de a escola por meio do seu currículo e da ação pedagógica do professor da Educação Básica em utilizar-se dessa realidade e dos amparos institucionais para assim mediar o contato entre professor, aluno e a pesquisa científica, proporcionando inúmeras estratégias que possibilitem o caminhar do processo educativo, problematizando, questionando, dialogando, ouvindo os alunos, ensinando-os a argumentar, contribuindo positivamente na construção da autonomia e auxiliando a expressarem o pensamento social, político e cultural.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Mestrando em Educação (UEL). Especialização em Docência na Educação Superior (UEL). Bacharelado e Licenciatura em Ciências Sociais (UEL), Londrina, Paraná, Brasil. E-mail: samukabvp@gmail.com.

Adriana Regina de Jesus Santos

Pós-doutorado em Educação pela Universidade Federal Fluminense. Docente do Curso de Pedagogia e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Londrina. Líder do grupo de estudo e pesquisa: Currículo, Formação e Trabalho Docente. E-mail: adrianatecnologia@yahoo.com.br.

Referências

BRASIL. Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. 28 p. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm. Acesso em: 04 jun. 2020.

______. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 04 jun. 2020.

______. Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm. Acesso em: 04 jun. 2020.

______. Ministério da Educação. Diretrizes curriculares nacionais gerais da educação básica. Brasília: MEC, 2013. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/julho-2013-pdf/13677-diretrizes-educacao-basica-2013-pdf/file. Acesso em: 20 jun. 2017.

FERNANDES, Florestan. A Sociologia no Brasil: contribuição para o estudo de sua formação e desenvolvimento. Petrópolis, Vozes, 1980. 272p

LEONTIEV, A. O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa, Horizonte, 1978.

MARX, Karl. Manuscritos econômico-filosóficos e outros textos escolhidos. In: Marx. São Paulo: Abril Cultural, 1978. (Coleção Os pensadores).

MAYORAL, María Rosa. A filosofia da práxis segundo Adolfo Sánchez Vázquez. Tradução de Simone Rezende da Silva. Buenos Aires, CLACSO, 2007.

NETTO, José Paulo. Introdução ao estudo do método de Marx. São Paulo: Expressão Popular, 2011. 64 p.

SÁCHEZ GAMBOA, Sílvio. Epistemologia da pesquisa em educação. CAMPINAS, SP, 1998. 155 p.

VYGOTSKY, Lev Semenovich. Aprendizagem e desenvolvimento intelectual na idade escolar. In: VIGOTSKY, Lev Semenovich; LURIA, Alexander Romanovich; LEONTIEV, Alexis N. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. Tradução de Maria da Penha Villalobos. 2. ed. São Paulo: Ícone, 1988. p. 103-117.
Publicado
2021-07-02
Como Citar
DE OLIVEIRA RODRIGUES DE JESUS, Samuel; SANTOS, Adriana Regina de Jesus. A PESQUISA CIENTÍFICA NO ENSINO MÉDIO PÚBLICO: Percepções de professores de sociologia da cidade de Londrina tendo como parâmetros as categorias conteúdo e forma. Revista PINDORAMA, [S.l.], v. 12, n. 1, p. 11, jul. 2021. ISSN 2179-2984. Disponível em: <https://publicacoes.ifba.edu.br/index.php/Pindorama/article/view/716>. Acesso em: 03 ago. 2021.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##