GESTÃO PÚBLICA DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: ESTUDO DE CASO DO MUNICÍPIO DE BAMBUÍ-MG

  • Mariano Henrique Maurício de Campos Tribunal de Justiça de Minas Gerais
  • Wesley Ferreira Assunção
  • Marco Aurélio Gonçalves

Resumo

Este artigo foi originalmente apresentado no trabalho interdisciplinar do curso de Administração do Instituto Federal de Minas Gerais, Campus Bambuí visando estudar a crescente preocupação em dar destinação adequada aos resíduos sólidos urbanos. A gestão adequada destes resíduos é uma alternativa que possibilita evitar e/ou minimizar possíveis impactos negativos no ambiente em que estes são descartados. Nesse sentido, este trabalho consistiu em realizar um levantamento da atual situação da destinação dos resíduos sólidos da cidade de Bambuí-MG para, posteriormente, propor alternativas para melhor gerenciamento destes resíduos. Para tanto foram realizadas pesquisas de campo e entrevistas nos principais segmentos do sistema de recolhimento de lixo urbano de Bambuí (coleta, transporte e destinação). Durante as visitas ao aterro controlado foi verificado que o descarte dos resíduos não é adequado, não existe um método de separação, havia presença de pessoas trabalhando e animais que se alimentam do lixo. Através das informações adquiridas, propõe-se que seja implantado um aterro sanitário na cidade e alternativas viáveis que possam ser adotadas para melhor gestão dos resíduos sólidos.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
Professor orientador. Mestre em Direito Público pela PUC Minas. Especialista em Gestão de Políticas Públicas pela UFV. Oficial Judiciário pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais.
Wesley Ferreira Assunção
Graduando em Administração pelo IFMG - Campus Bambuí.
Marco Aurélio Gonçalves
Graduando em Administração pelo IFMG - Campus Bambuí.

Referências

CONAMA, (Conselho Nacional do Meio Ambiente) Disponível em:
http://www.mma.gov.br/port/conama/legiabre.cfm?codlegi=636, acesso em 22/10/2013.
IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica) Disponível em:
http://cidades.ibge.gov.br/xtras/temas.php?lang=&codmun=310510&idtema=119&search=minas-gerais|bambui|estimativa-da-populacao-2013 acesso em 20/10/2013.
Jornal mobilização, Disponivel em:
hotsite.mma.gov.br_4conferencia_wp-content_uploads_2013_02_Jornal-Mobilização-4ª-CNMA-01. Acesso em: 05/11/2013.
LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de Metodologia Cientifica Tecnicas de Pesquisa, 6° Ed: Atlas S/A 2005.
Portal da Transparência, Disponível em:
http://www.bambui.mg.gov.br/portal/htdocs/modules/mastop_publish/?tac=Localiza%C3%A7%C3%A3o. Acesso em 20/10/2013.
ROCHA, J. et.al. Introdução à Química Ambiental, 2° Ed. Resíduos Sólidos- Lixo, Porto Alegre, RS: Editora Bookman S. A 2009.
SEMAD (secretaria do meio-ambiente e desenvolvimento sustentável) Disponível em: http://www.semad.mg.gov.br/icms-ecologico. Acesso em 20/11/2013.
SEVERINO, A. J. Metodologia do Trabalho Científico, 23° ed: Pesquisa Bibliográfica, Pesquisa Documental, Pesquisa Experimental, Pesquisa de Campo, São Paulo, SP: Editora Cortez, 2008.
SILVA, Edna Lúcia; MENEZES, Estera Muszkat. Metodologia da pesquisa e elaboração de dissertação. 3ª ed.rev. atual. Florianópolis, SC: Laboratório de Ensino a Distância da UFSC, 2001. Disponível em:
http://projetos.inf.ufsc.br/arquivos/Metodologia%20da%20Pesquisa%203a%20edicao.pdf. Acesso em: 21/10/2013.
Publicado
2016-06-16
Como Citar
CAMPOS, Mariano Henrique Maurício de; ASSUNÇÃO, Wesley Ferreira; GONÇALVES, Marco Aurélio. GESTÃO PÚBLICA DOS RESÍDUOS SÓLIDOS: ESTUDO DE CASO DO MUNICÍPIO DE BAMBUÍ-MG. Educação, Tecnologia e Cultura - E.T.C., [S.l.], n. 14, jun. 2016. ISSN 2525-3859. Disponível em: <https://publicacoes.ifba.edu.br/index.php/etc/article/view/6>. Acesso em: 15 nov. 2019.