Questões de identidade e memória em "Insubmissas lágrimas de mulheres", de Conceição Evaristo

Resumo

Este trabalho visa apresentar as questões envolvendo identidade e memória por meio das narrativas escritas por mulheres negras. Para tanto, utilizaremos os contos Natalina Soledad e Maria do Rosário Imaculada dos Santos, pertencentes à coletânea intitulada Insubmissas Lágrimas de Mulheres, da autora Conceição Evaristo. A autora cunhou o termo “Escrevivência” para, assim, narrar as histórias que podem ser reconhecidas pelas mulheres negras como sendo as suas próprias. Nem sempre na literatura brasileira as personagens negras possuíam uma individualidade e muito menos uma identidade própria, sendo representadas apenas por estereótipos. Nos dois contos discutiremos sobre os processos que levaram à construção da identidade das duas personagens.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##

Mestrado em andamento em Letras: Linguística e Teoria Literária pela Universidade Federal do Pará (UFPA).

Publicado
2021-07-29
Como Citar
SANTOS, Tassiane. Questões de identidade e memória em "Insubmissas lágrimas de mulheres", de Conceição Evaristo. Enlaces, [S.l.], v. 2, p. e021005, jul. 2021. ISSN 2675-9810. Disponível em: <https://publicacoes.ifba.edu.br/index.php/enlaces/article/view/878>. Acesso em: 17 set. 2021.
Edição
Seção
ARTIGOS

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##