MANEJO DA ADUBAÇÃO NITROGENADA NA CULTURA DO GIRASSOL PARA AVALIAÇÃO DOS PARÂMETROS CRESCIMENTO E PRODUÇÃO

  • Erllens Éder Silva Instituto Federal do Ceará
  • Dyalla Ribeiro de Araujo Instituto Federal do Ceará
  • Francisco Gauberto Barros dos Santos Instituto Federal do Ceará
  • Expedito Danúsio de Sousa Instituto Federal do Ceará

Resumo

A crescente demanda por energia limpa tem propiciado o cultivo do girassol como alternativa na produção do biodiesel. Esta cultura é muito exigente em nitrogênio (N) e, a sua deficiência pode causar limitação de até 60% na produtividade. Assim, no presente trabalho objetivou-se avaliar os parâmetros de crescimento e produção do girassol cv. Embrapa 122/V-2000, submetido à doses crescentes de N. O experimento foi realizado na Fazenda Experimental Sítio Almécegas, do Instituto Federal do Ceará, campus Crato. O delineamento experimental foi em blocos casualizados constituído por 4 tratamentos e 8 repetições. Todos os tratamentos tiveram a adição do boro 0,5 kg.ha-1. Os tratamentos foram: T1 – 52,5 kg.ha-1 de N; T2 – 73,5 kg.ha-1 de N; T3 – 94,5 kg.ha-1 de N; T4 – 115,5 kg.ha-1 de N. Como fonte de N, foi utilizado o sulfato de amônio. Para as variáveis de crescimento altura e número de folhas verificou-se significância quanto as doses de N, em todos os períodos das leituras 30, 45, 60 e 75 dias após a emergência (DAE). Para as variáveis de produção avaliadas aos 85 DAE todas apresentaram significância. Quanto a produção de aquênios verificou-se que com o incremento das dosagens obteve-se maior rendimento. Concluiu-se que as plantas de girassol foram produtivas satisfatoriamente quando utilizada a dosagem de 94,50 a 115,50 kg.ha-1 N.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
Dr. em Agronomia pela UFPB, professor do Instituto Federal do Ceará, campus Crato.
##submission.authorWithAffiliation##
Dra. em Engenharia Agrícola, professora do Instituto Federal do Ceará, campus Crato.
##submission.authorWithAffiliation##
Dr. em Fitotecnia pela UFERSA, professor Instituto Federal do Ceará, campus Crato.
##submission.authorWithAffiliation##
MSc. em Zootecnia pela UFPB, professor do Instituto Federal do Ceará, campus Crato.

Referências

ABDALLA, Adibe Luiz et al. Utilização de subprodutos da indústria de biodiesel na alimentação de ruminantes. Revista Brasileira Zootecnia, v. 37, n.spe, p. 260-268. 2008.
ABDON LIRA, M.; CARVALHO, H. Y. L.; CARVALHO, C. G. P.; LIMA, J. M. P.; MEDEIROS, A. A. Avaliação de Cultivares de Girassol no Estado do Rio Grande do Norte. Almanaque do Campo. UNESP, Jaboticabal. 2013. Disponível em: http://www.almanaquedocampo.com.br/imagens/files/cultivares%20de%20girassol%20para%20RN.pdf. Acesso realizado em: 10 de abril de 2014.
ANP. Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível. Biocombustível. Disponível em: http://www.anp.gov.br/?pg=60467&m=&t1=&t2=&t3=&t4=&ar=&ps=&cachebust=1410287341296. Acesso realizado em: 07 de junho de 2014. 2012. 2p.
BERENCHTEIN, B. Utilização de glicerol na dieta de suínos em crescimento e terminação. 2008. 45 p. Dissertação (Mestrado em Agronomia, Programa Ciência Animal e Pastagens) – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2008.
BISCARO, G. A.; MACHADO, J. R.; TOSTA, M. S.; MENDONÇA, V.; SORATTO, R. P.; CARVALHO, L. A. Adubação nitrogenada em cobertura no girassol irrigado nas condições de Cassilândia-MS. Ciência e Agrotecnologia, v. 32, n. 5, p. 1366-1373, 2008.
BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária. Brasília, DF: Mapa/ACS, 2009. 395p.
CARELLI. M. L. C.; UNGARO, M. R. G.; FAHL J. I.; NOVO M. C. S. S. Níveis de nitrogênio, metabolismo, crescimento e produção de girassol. Revista Brasileira Fisiologia Vegetal, Campinas, v. 8, n. 2, p. 123-130, 1996.
CARELLI. M. L. C.; UNGARO, M. R. G.; FAHL J. I.; NOVO M. C. S. S. Níveis de nitrogênio, metabolismo, crescimento e produção de girassol. Revista Brasileira Fisiologia Vegetal, Campinas, v. 8, n. 2, p. 123-130, 1996.
CASTIGLIONI, V. B. R.; BALLA, A.; CASTRO, C. de; SILVEIRA, J.M. Fases de desenvolvimento da planta de girassol. Londrina: Embrapa – CNPSo, 1997. 23 p. (Boletim Técnico, 58).
CECHIN, I.; FUMIS, T. F. Effect of nitrogen supply on growth and photosynthesis of sunflower plants grown in the greenhouse. Plant Science, v. 166, n. 05, p. 1379-1385, 2004.
CERRATE, S.; YAN, F.; WANG, Z.; COTO, C.; SACAKLI, P.; WALDROUP, P.W. Evaluation of glycerine from biodiesel production as a feed ingredient for broilers. International Journal of Poultry Science, Faisalabad, v. 5, n. 11, p. 1001-1007, 2006.
CONAB. Companhia Nacional de Abastecimento. Safra Girassol. Brasília. Setembro, 2014. 37p. Disponível em: http://www.conab.gov.br/detalhe.php?c=34641&t=2#this. Acesso realizado em 20 de agosto de 2014.
DICKMANN, L.; CARVALHO, M. A. C.; BRAGA, L. F.; SOUSA, M. P. Comportamento de sementes de girassol (Helianthus annuus L.) submetidas a estresse salino. Revista de Ciências Agroambientais, Alta Floresta, v. 3, n. 1, p. 64-75, 2005.
EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA – EMBRAPA. Centro Nacional de Pesquisa de Solos. Sistema brasileiro de classificação de solos. Rio de Janeiro, 2006. 306p.
INPE. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Disponível em: Acesso realizado em: 2014.
IVANOFF, M. E. A.; UCHÔA, S. C. P.; ALVES, J. M. A.; SMIDERLE, O. J.; SEDIYAMA, T. Formas de aplicação de nitrogênio em três cultivares de girassol na savana de Roraima. Revista Ciência Agronômica, v. 41, p. 319-325, 2010.
LIRA, M. A. et al. Desempenho de cultivares de girassol (Helianthus annuus. L.) no estado do Rio Grande do Norte. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE MAMONA, 4.; SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE OLEAGINOSAS ENERGÉTICAS, 1., João Pessoa. Anais... Campina Grande: Embrapa Algodão. p. 1700-1703. 2010.
LOBO, T. F.; FILHO, L. G.; COELHO, H. A. Efeito da adubação nitrogenada na produtividade do girassol. Científica, Jaboticabal, v. 40, n. 1, p. 59–68, 2012.
LOBO, T. F.; GRASSI FILHO, H. Níveis de lodo de esgoto na produtividade do girassol. Revista Ciencia del Suelo e Nutricíon Vegetal, v. 07, n. 03, p. 16-25, 2007.
MAIA FILHO, F.C.F.; PEREIRA, R.F.; ALVES, F.I.S; CAVALCANTE1, S.N.; MESQUITA, E.F.; SUASSUNA, T.C. Crescimento e fitomassa do girassol variedade ‘Embrapa 122/V-2000’ adubado com esterco bovino em dois solos. Revista ACSA – Agropecuária Científica no Semi-Árido, v. 9, n. 4, p. 67-75, out – dez, 2013.
MAIA FILHO, F.C.F.; PEREIRA, R.F.; ALVES, F.I.S; CAVALCANTE1, S.N.; MESQUITA, E.F.; SUASSUNA, T.C. Crescimento e fitomassa do girassol variedade ‘Embrapa 122/V-2000’ adubado com esterco bovino em dois solos. Revista ACSA – Agropecuária Científica no Semi-Árido, v. 9, n. 4, p. 67-75, out – dez, 2013.
MAPA. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Plano Agrícola e Pecuário 2013/2014. Disponível em: http://www.agricultura.gov.br/arq_editor/file/acs/PAP20132014-web.pdf. Acesso realizado em: 10 de agosto de 2014. Brasília. 2014. 126p.
MELLO, R. et al. Características fenológicas, produtivas e qualitativas de híbridos de girassol em diferentes épocas de semeadura para produção de silagem. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 35, n. 03, p. 672-682, 2006.
NOBRE, R. G.; GHEYI, H. R.; SOARES, F. A. L.; ANDRADE, L. O.; NASCIMENTO, E. C. S. Produção do girassol sob diferentes lâminas com efluentes domésticos e adubação orgânica. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 14, n. 7, p. 747-754, 2010.
PIMENTEL GOMES, F. Curso de estatística experimental. 14. ed., Piracicaba: Nobel, 2000. 477 p.
PRADO, R. M.; LEAL, R. M. Desordens nutricionais por deficiência em girassol variedade Catissol-01. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 36, p. 187-193, 2006.
SANTOS JUNIOR, José A. et al. Substratos e tempo de renovação da água residuária no crescimento do girassol ornamental em sistema semi-hidroponia. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 18, n. 8, p. 790-797. 2014.
SCHRÖDER, A., AND K.-H. SÜDEKUM. Glycerol as a by-product of biodiesel production in diets for ruminants. In New Horizons for an Old Crop. Proc. 10th Int. Rapeseed Congress, Canberra, Australia, September 26–29, Paper Nº 241. N. Wratten and P. A. Salisbury, ed. 1999.
SILVA, A. R. A.; BEZERRA, F. M. L.; SOUSA, C. C. M.; PEREIRA FILHO, J. V.; FREITAS, C. A. S. Desempenho de cultivares de girassol sob diferentes lâminas de irrigação no Vale do Curu, CE. Revista Ciência Agronômica, v. 42, n. 1, p. 57-64, jan-mar, 2011.
TOTH, V. R.; MESZKAROS, I.; VERES, S.; NAGY, J. Effects of the available nitrogen on the photosynthetic activity and xanthophyll cycle pool of maize in field. Journal of Plant Physiology, v. 159, n. 6, p. 627-634, 2002.
UNGARO, M. R. G.; NOGUEIRA, S. S. S; NAGAI, V. Parâmetros fisiológicos, produção de aquênios e fitomassa de girassol em diferentes épocas de cultivo. Bragantia, Campinas, v. 2, n. 59, p. 205-211, 2000.
UNITED STATES DEPARTMENT OF AGRICULTURE (USDA). Produção mundial: safra 2012/13. 2012. Disponível em: . Acesso realizado em: 13 dezembro de 2012. 2012. 15p.
Publicado
2016-06-30
Como Citar
SILVA, Erllens Éder et al. MANEJO DA ADUBAÇÃO NITROGENADA NA CULTURA DO GIRASSOL PARA AVALIAÇÃO DOS PARÂMETROS CRESCIMENTO E PRODUÇÃO. Educação, Tecnologia e Cultura - E.T.C., [S.l.], n. 14, jun. 2016. ISSN 2525-3859. Disponível em: <https://publicacoes.ifba.edu.br/index.php/etc/article/view/38>. Acesso em: 15 nov. 2019.